Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Debaixo Da Língua

Debaixo Da Língua

Estou a ver-te de Clare Mackintosh

estou a ver-te claire mackintosh.jpg

 

Sinopse

Todas as manhãs, Zoe Walker faz o mesmo caminho para a estação de metro, espera no mesmo lugar da plataforma e escolhe o seu assento preferido na carruagem, sem nunca suspeitar que alguém a observa. Durante uma dessas viagens, certo fim de tarde, enquanto lê o jornal local, Zoe vê a sua cara num dos anúncios: uma foto de má qualidade, um número de telefone e a morada de um website: FindTheOne.com (Encontra-a.com). Nos dias seguintes, as fotografias de outras mulheres começam a aparecer no mesmo anúncio, e Zoe percebe que foram vítimas de crimes extremamente violentos, incluindo homicídio. Com a ajuda de uma polícia determinada, Zoe procura saber o que está por trás daquele anúncio perverso, uma descoberta que vai transformar a sua paranoia em pânico total. Alguém anda a seguir todos os seus passos. E Zoe tem a certeza de que alguém próximo de si a escolheu como próximo alvo.

 

Opinião dela:

 

A maior parte de nós vive numa rotina diária, saindo e entrando em casa sempre às mesmas horas, apanhando sempre o mesmo transporte, escolhendo sempre os mesmos locais para sentar, passear ou almoçar. Porém toda essa rotina torna-nos previsíveis e leva-nos a ser um alvo fácil para quem nos vigia.

Neste volume, Clare Mackintosh dá vida a uma história onde a personagem principal apresenta exatamente estas características, até que a mesma se apercebe que a sua vida corre perigo e tem de efetuar algumas mudanças no seu dia-a-dia. Num constante rodopio de emoções vemos a vida de Zoe a mudar completamente, tal como a sua confiança nas pessoas que a rodeiam, tornando-se paranoica e aumentando a sua desconfiança conforme os dias passam. 

É um livro que nos leva a um misto de emoções e que nos leva a pensar nas nossas próprias escolhas e em como é tão fácil um dia encontrarmos-nos na mesma posição de Zoe. Gostei mais do que achei que ia gostar e posso admitir que estava enganada quanto à personagem culpada por toda a perseguição referente no livro, mas não andei longe!

Recomendo e aviso já, as últimas duas páginas são um verdadeiro choque!

-J-

 

Opinião dele

 

Arrepiante! Mal li a sinopse do livro sabia que tinha de o ler imediatamente, toda a premissa transpirava sucesso.

Este livro conta-nos a história de Zoe Walker, uma mulher comum como tantas outras, com uma rotina monótona. Zoe é uma mulher lutadora, trabalhadora e apaixonada, A vida de Zoe muda quando encontra a sua fotografia num anúncio de jornal, associado a teor sexual.

A história é contada por duas personagens, Zoe e pela polícia Kelly. Kelly é uma polícia brilhante, no entanto tem um passado que não consegue esquecer, este passado atormenta-a ao longo de toda a narrativa.

Ao início a história é um pouco lenta e demorosa, mas, com o passar do tempo o ritmo vai ser cada vez mais intenso e empolgante, chegando a um clímax inesperado.

O final do livro é soberbo e imprevisível, o que nos deixa a pensar em toda a história e em como o comportamento da personagem nunca deu a entender algo de errado.

Durante a leitura dei por mim a pensar em como o nosso dia a dia pode ser previsível, e que em locais públicos estamos muito isolados, porque cada pessoa está empregada e dedicada ao seu mundo. São assustadoras e perturbadoras as passagens a itálico, por vezes deixou-me com os nervos à flor da pele.

Clare Mackintosh brindou-nos com um livro fantástico e com uma história incrível. Gostei muito do livro.

Será que a nossa rotina nos pode matar?

-L-

2 comentários

Comentar post