Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Debaixo Da Língua

Debaixo Da Língua

O Boneco de Neve de Jo Nesbo

 

Sinopse

Noite escura. Lá fora começa a nevar.

A primeira neve do ano.

No conforto da sua casa, Jonas acorda a meio da noite, chama pela mãe, mas o único rasto que encontra são as pegadas húmidas no chão das escadas. No jardim, a mesma figura solitária que vira durante o dia: o boneco de neve, agora banhado pelo luar, com os olhos negros fixos na janela do quarto. E no pescoço um agasalho: o cachecol cor-de-rosa que oferecera à mãe.

Encarregado da investigação, o Inspetor Harry Hole está convencido de que existe uma ligação entre o estranho desaparecimento da mãe de Jonas e uma carta ameaçadora que recebeu alguns meses antes. Quando Harry e a sua equipa começam a analisar antigos casos por resolver, descobrem que, ao longo dos anos, no primeiro dia em que nevou, desapareceu um número alarmante de mulheres, com uma característica comum: eram todas casadas com filhos. E quando se vê confrontado com outro caso com as mesmas características, as suspeitas de Harry confirmam-se: não passa de um mero peão num jogo mortífero. Pela frente tem o primeiro assassino em série da Noruega, um assassino tão inteligente, que quase o leva à loucura.

 

Opinião dele

 

No momento em que vi a capa deste livro fiquei fascinado, uma capa espetacular e muito tenebrosa. O Boneco de Neve cativou-me desde o início e andei a “namora-lo” durante semanas. Quando o comprei não sabia que fazia parte de uma série de livros, visto que em Portugal os livros foram lançados desordenadamente, por esse motivo na altura não havia muita informação acerca da série.

Relativamente à escrita, acho que o Jo Nesbo é muito detalhista, no entanto esta característica foca o leitor para uma visão mais pormenorizada e macabra de todos os aspetos inerentes à história.

Os temas abordados neste livro são muito interessantes e incorporam-se na história com uma mestria fenomenal. Temas atuais, como a genética são a chave de honra deste tão aclamado livro.

Neste Boneco de Neve, Jo Nesbo conta-nos a história de Harry Hole, detetive determinado e presunçoso. Harry é um homem com bastantes esqueletos no armário, o que torna a história mais real, pois as pessoas não são perfeitas. O livro inicia-se pelo desaparecimento de uma data de mulheres, levando Hole a caminhar por águas perigosas, mas este assassino não é igual aos outros, tem uma fixação por Bonecos de Neve compostos por fragmentos das vítimas. Em paralelo deparamos-nos com a vida, quase desfeita, deste solitário detetive.

Pessoalmente adorei o desenrolar e encadeamento dos acontecimentos, no entanto achei Hole uma personagem fria e muito marcada pelo passado. O final é, simplesmente, inesperado.

Mal soube da sua adaptação para cinema fiquei muito feliz, mas, espero não me desiludir.

Fãs do género! Leiam, irão adorar.

O Boneco de Neve será imbatível?

-L-