Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Debaixo Da Língua

Debaixo Da Língua

Só Nós dois de Nicholas Sparks

14671122_563306367196372_6637927254880426010_n.jpg

 

Sinopse:

Por vezes, basta um segundo para mudar a nossa vida. E nesse instante avassalador, tudo aquilo que pensamos saber - e possuir - perde o seu valor.

Russell Green tem trinta e dois anos, é casado com Vivian, uma mulher lindíssima e dedicada; tem uma filha encantadora e uma carreira de sucesso. Dir-se-ia que a sua vida é de sonho. Mas o sonho vai dar lugar a um pesadelo… De um momento para o outro, Russ perde a mulher e o emprego e fica a sós com a filha de seis anos, London. Pela primeira vez, percebe que não pode entregar-se à sua própria dor pois London depende agora unicamente dele. Russ vai ter de se superar, de desbravar caminho, começar de novo…

Mas não é fácil cuidar de uma criança sozinho, fundar um negócio próprio, e lidar com as emoções contraditórias que ameaçam paralisá-lo. O dia a dia com a filha é uma montanha-russa de escolhas, consequências e anseios. É muito mais difícil do que alguma vez imaginara. Mas é também infinitamente mais gratificante do que a correria de outrora.

E quando o imprevisível destino abre novamente a porta ao amor, deixa entrar algo mais. Algo para o qual Russ - mais uma vez - não está preparado.

 

Opinião dele:

 

Adoro a escrita e os enredos de Nicholas Sparks, há uns mais emotivos e profundos do que outros e este é um deles.

“Só Nós Dois” inova na escrita, cada capítulo tem um significado diferente e completa toda a história de uma forma brilhante e perspicaz. O enredo, também, é único. Nicholas, desta vez, deu o grande destaque à figura masculina, o que é raro nas suas obras, e colocou a Vivian como uma figura egoísta e gananciosa. Adorei todo o enredo, mas é a primeira vez que detesto profundamente uma pessoa no trama, pois a manipulação perante uma parte do casal é bem evidente.

Este livro faz-nos entender que devemos dar valor à vida e às pessoas todos os dias, devemos viver cada dia como se fosse o último, o destino, por vezes, prega-nos partidas das quais é difícil ultrapassar.

Para concluir, é um livro brilhante e considero que faz parte do top 3 dos livros do Nicholas Sparks. Quem adora Nicholas deveria ler este livro, pois a escrita e a história valem a pena.

Russell será um homem humilde e sensato? Ou esconderá um grande segredo?

 

-L-