Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Debaixo Da Língua

Debaixo Da Língua

Três Coroas Negras de Kendare Blake

Sinopse

 

A CADA GERAÇÃO, NA OBSCURA ILHA DE FENNBIRN, NASCEM TRÊS IRMÃS GÉMEAS.

Três rainhas herdeiras de um só trono, cada uma possuindo um poder mágico muito cobiçado. Mirabella é capaz de inflamar o incêndio mais violento ou a tempestade mais terrível. Katharine consegue ingerir um veneno mortal sem sentir os seus efeitos. De Arsinoe diz-se capaz de fazer florir a rosa mais vermelha e controlar o leão mais feroz.

Mas para uma delas ser coroada rainha, não basta ter a linhagem certa. As trigémeas terão de conquistar o seu direito à coroa, lutando por ele… até à morte.

Na noite em que as irmãs completam 16 anos, a batalha começa. E a rainha que sobreviver, conquistará a coroa!

 

Opinião dela

 

Três rainhas negras,
Fruto da mesma terra.
Três gémeas meigas,
Agora entrarão em guerra.

Três irmãs negras –
Quais delas não se adivinha –
Mas duas terão de morrer:
Só uma será rainha.

 

De arrepiar, certo? Estas são as primeiras palavras que lemos quando nos aventuramos pelo primeiro volume desta saga e, apesar de fortes, sintetizam muito bem toda a história que vamos descobrir. 

Cada capítulo desvenda uma parte da vida de cada irmã, os seus afazeres, preocupações, amizades, habilidades e pressões a que estão submetidas. Ficamos a conhecer a personalidade de Mirabella, Katharine e Arsinoe e torna-se impossível escolher uma preferida, uma vez que são todas diferentes mas interessantes do seu próprio jeito. Mirabella é a rainha que melhor domina o seu poder, tanto que existem diversos rumores à sua volta, porém vive constantemente assombrada por lembranças que não a deixam seguir em frente; Katharine é a mais pequena e frágil das três, muito boa a preparar venenos mas fraca a tentar ganhar confiança do seu povo; Arsinoe é a mais rebelde, sempre a meter-se em encrencas, não sabe como despertar o seu poder.

 

O livro está repleto de momentos que nos entristecem o coração não só devido ao destino que une as três rainhas como também devido a todas as provas, aprovações e provocações por que têm de passar para que o povo as veja como rainhas capazes de governar. As injustiças são bastantes, porém também encontramos provas de lealdade, profunda amizade e acima de tudo garra para enfrentar o futuro! Cada uma das irmãs prepara-se para o dia que terá de enfrentar as outras à sua própria maneira e, utilizando o método correto ou não, a sua moral vai aumentar e nada as fará desistir!

 

Adorei seguir todo o percurso e surpresas que foram aparecendo ao longo do livro, sendo que quando eu achava que a história estava a ser bem encaminhada e que tudo ia assentar, alguma coisa acontecia e voltada tudo a mudar de rumo! Não há  momentos enfadonhos  no livro, sempre repleto de ação e situações incríveis que fazem o leitor desejar por mais e bem depressa, o que faz com que o final chegue demasiado depressa. E o final... bem que provocou alguns apertos no meu coração! Houve mudanças radicais que me deixaram de boca aberta e a suplicar pela continuação da saga mas, do género, pronta para ontem se fosse possível!

 

É realmente um livro de fantástico daqueles bem ao meu estilo e ainda bem que são quatro livros, assim tenho bastante história para seguir, pois não me quero despedir destas irmãs tão cedo! Aliás, estou bem curiosa para ver como a história avança a partir de agora, pois não imaginei que o primeiro livro chegasse até ao ponto onde terminou. 

Anseio sempre por este tipo de histórias e definitivamente o que me vai custar mais é ter de esperar que seja lançado a continuação... leitor sofre! 

-J-

Um de Nós Mente de Karen M. McManus

Sinopse

Simon Kelleher é o criador do Má-Língua, uma nova aplicação que está a encurralar a elite de Bayview High, revelando pormenores da vida privada dos alunos da escola. 
Mas o caso torna-se mais grave quando Simon e quatro colegas ficam fechados de castigo numa sala, e ele morre diante das suas vítimas. 

Os quatro que se tornam suspeitos imediatos do homicídio, são: 
A melhor aluna da escola, Bronwyn que nunca viola uma regra e quer entrar em Yale. 
A estrela da equipa de basebol de Bayview, Cooper. 
Nate, o criminoso, que está em liberdade condicional por vender droga.
A menina bonita, Addy, que parece ter a vida perfeita ao lado do namorado perfeito.

Que segredos queriam esconder para eliminar Simon? 
Quem será o culpado?

 

Opinião dela

 

"Um de Nós Mentw" é um livro Young adult onde acompanhamos a vida de quatro estudantes: Bronwyn, Cooper, Nate e Addy. Tudo parecia correr bem nas suas vidas até que um dia se encontram todos na detenção de forma suspeita. Nessa tarde as suas vidas mudam para sempre de forma repentina quando assistem à morte de Simon. A partir de aí atravessamos por todas as emoções sentidas pelas personagens, tanto para lidar com o acontecimento como para lidar com toda a investigação onde são considerados os principais suspeitos.

 

Quando se pensava que já não existia forma de piorar toda a situação, eis que começam a circulam algumas mensagens que parecem ser do assassino a confessar o crime. Mas então, quem queria o Simon morto? Todos têm os seus motivos e segredos que não querem ver revelados. Agora cabe a cada um tentar compreender o que realmente aconteceu se não quiserem ir para a prisão!

 

Todo este mistério é super chamativo e fascinante, o que me cativou desde o momento em que comecei a leitura. Para avançar na história vamos lendo partes do dia relatadas por cada personagem que, vão completando o enredo e criando uma ordem temporal dos acontecimentos.

 

É muito simples de acompanhar, com uma linguagem fácil, uma vez que é indicado para adolescentes e traduz bem os problemas que a maioria dos adolescentes de hoje em dia enfrentam, já que se dá muito valor às redes sociais, à necessidade de se ser reconhecido e à popularidade. Apesar de o grande mistério ser desvendar a morte/assassino do Simon, acho que o livro tem um duplo sentido, acabando por demonstrar bem como a nossa vida pode mudar drasticamente de um momento para o outro, independentemente da forma como nos comportamos, ou seja, quer sejamos nós próprios, ou vivamos numa ilusão para tentar agradar a quem nos rodeia. Todas as personagens iniciaram com uma personalidade e acabaram o livro com uma totalmente diferente, até melhor na minha opinião! Acho que é um bom livro para ler, qualquer que seja a idade, pois leva-nos a pensar se somos nós próprios, que espécie de amigos temos ao nosso lado e se somos realmente felizes! 

 

Ahh, e quanto ao assassino.. eu a meio do livro já tinha a minha teoria montada e, apesar de existirem muitos detalhes que eu não sabia, acertei no ponto principal do mistério! Agora deixo com vocês a descoberta e fico à espera que me digam se também acharam fácil resolver o quebra-cabeças!

 

-J-