Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Debaixo Da Língua

Debaixo Da Língua

Encontrei-te nas páginas de um livro de Xavier Bosch

cj.jpg

 

Sinopse

Encontrei-te nas Páginas de Um Livro é um romance sobre a força perdurável do amor.

Jean-Pierre Zahardi, galerista na Rive Gauche, é um espírito livre. Paulina Homs, com uma tranquila vida familiar em Barcelona, chega a Paris para o casamento da prima. Como se o destino o tivesse preparado, entre eles nascerá uma atração inesperada que mudará as suas vidas para sempre. Este livro é a crónica da procura e da reconstrução de uma história de amor, a de Paulina e Jean-Pierre, através das recordações, dos documentos e do testemunho das pessoas que conheceram a paixão clandestina do casal. Será a filha de Paulina, Gina, que descobrirá muitos anos depois da morte da mãe o grande amor que a marcou para sempre.

Aguarda o leitor uma viagem pelas livrarias mais bonitas do mundo, onde estão dispersos os testemunhos misteriosos e comoventes desse amor, e uma viagem no tempo, para descobrir aqueles quatro dias únicos e inesquecíveis. Eternos.

 

Opinião dele

 

O livro “Encontrei-te nas páginas de um livro” despertou-me um enorme interesse desde o início, não sei se foi pela sua sinopse ou pela capa deslumbrante (a capa deste livro é, sem dúvida uma dádiva aos nossos olhos). O título do livro arrebatou-me, fiquei babado por ele, não descansei até ao momento em que o comprei.

Este livro canta-nos a história apaixonante de Paulina Homs e Jean – Pierre Zahardi, dois amantes clandestinos que tentam derrubar barreiras e preconceitos. A grande história deste casal só é descoberta passados vários anos pela filha de Paulina, Gina. Cartas apaixonantes e pistas arrebatadoras são o grande enfoque desta literatura romântica.

Durante a minha leitura senti um misto de emoções, alegria, tristeza, raiva, inveja … O livro marcou-me bastante. A obra é bastante fininha, no entanto não é um livro que se lê facilmente, a sua escrita é extremamente densa e massuda. A narrativa é pastosa e se não estivermos atentos perdemos o fio à meada facilmente.

Relativamente à história posso afirmar que não gostei, adoro romances, no entanto este romance tem como pilar uma traição, e isso afeta-me bastante, detesto mentiras e muito mais traições (desabafo pessoal). Gostei bastante da premissa, mas, o desenrolar da narrativa não me convenceu. Apenas declaro que é um romance bonito. Uma coisa bastante positiva foi o autor descrever a livraria Lello, situada no Porto, com bastante pormenor e exatamente como ela é, sou uma pessoa apaixonada pelo “meu” Porto. Contudo, os apaixonados por romances leiam, podem ter uma opinião diferente.

Será que Jean-Pierre é um homem verdadeiro?

-L-

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.