Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Debaixo Da Língua

Debaixo Da Língua

The Call - A Invasão de Peadar O'Guilin

Sinopse

Suspense, terror, fantasia e uma história de amor com um final feliz... ou talvez não!

Sobreviventes
Nessa e Anto foram dos poucos jovens que conseguiram sair vivos da Terra Cinzenta. Agora, longe da crueldade dos Sídhe, sonham com um futuro feliz a dois.

Caça aos traidores
Mas um inesperado ataque à escola dá início a uma caça às bruxas. As autoridades não acreditam ser possível sobreviver ao Chamamento e, alegando que os sobreviventes fizeram um pacto com o inimigo, rotulam-nos de traidores. Como punição, Nessa é reenviada para a Terra Cinzenta naquela que parece ser uma viagem sem retorno.

A hora da verdade
Entretanto, os bárbaros Sídhe dão início a um ataque mortal, com um exército de horror nunca antes visto. Numa autêntica luta contra o tempo, Anto e os últimos alunos da sua escola enfrentam um inimigo sedento de sangue, procurando uma forma de defender o país e de salvar a vida de todos.

 

Opinião Dela

 

"The Call - A Invasão" é o encerrar da história de Nessa e Anto. Fazendo uma ligação perfeita entre ambos os livros, o autor foi capaz de despertar a minha atenção para este segundo volume, mesmo depois da minha opinião não muito favorável ao primeiro livro (a opinião pode ser lida aqui).

 

Enquanto que no primeiro volume ficamos a conhecer as personagens, a vida difícil que levam na Irlanda, os perigos que enfrentam quando participam no chamado, no segundo livro o autor dá uma certa reviravolta à história, pois, quando se acaba o "The Call" ficamos satisfeitos com a felicidade das personagens principais, situação que é despedaçada no "The Call - A Invasão"!

 

Aqui acompanhamos a desconfiança e incredulidade, a certeza que alguém com capacidades "reduzidas" não pode sobreviver a não ser com ajuda dos próprios Sidhe (como acontece com Nessa) e a felicitação pelos atos heroicos que são mascarados pelo profundo desconforto, tristeza e sofrimento interior (como é o caso de Anto).

 

Durante toda a história ganhamos a certeza que Nessa é a personagem mais dura, capaz e perfeita para ultrapassar a situação em que é colocada, pois não existe outra personagem que seja tão inquebrável e engenhosa. Anto por outro lado, é um pouco frágil demais, aceitando as ordens quase sem contestar, apesar de demonstrar sempre o seu coração sensível a bater pelo lado do que é mais correto. A estranheza que se sente no primeiro volume ganha mais e maiores contornos aqui, onde a imaginação do autor não desilude nem para de crescer.

 

Apesar de não ter adorado o primeiro livro, não pude não adquirir a continuação (faz-me imensa confusão não seguir as sagas!), o que se revelou não ser um mau investimento no fim, já que, considero que este livro está melhor e mais interessante que o anterior. O final foi algo que considerei surpreendente, não estava a contar que fosse terminar daquela forma, em especial o último capítulo que é realmente diferente, aliás, tão diferente como todo o livro.

-J-