Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Debaixo Da Língua

Debaixo Da Língua

Três Coroas Negras de Kendare Blake

Sinopse

 

A CADA GERAÇÃO, NA OBSCURA ILHA DE FENNBIRN, NASCEM TRÊS IRMÃS GÉMEAS.

Três rainhas herdeiras de um só trono, cada uma possuindo um poder mágico muito cobiçado. Mirabella é capaz de inflamar o incêndio mais violento ou a tempestade mais terrível. Katharine consegue ingerir um veneno mortal sem sentir os seus efeitos. De Arsinoe diz-se capaz de fazer florir a rosa mais vermelha e controlar o leão mais feroz.

Mas para uma delas ser coroada rainha, não basta ter a linhagem certa. As trigémeas terão de conquistar o seu direito à coroa, lutando por ele… até à morte.

Na noite em que as irmãs completam 16 anos, a batalha começa. E a rainha que sobreviver, conquistará a coroa!

 

Opinião dela

 

Três rainhas negras,
Fruto da mesma terra.
Três gémeas meigas,
Agora entrarão em guerra.

Três irmãs negras –
Quais delas não se adivinha –
Mas duas terão de morrer:
Só uma será rainha.

 

De arrepiar, certo? Estas são as primeiras palavras que lemos quando nos aventuramos pelo primeiro volume desta saga e, apesar de fortes, sintetizam muito bem toda a história que vamos descobrir. 

Cada capítulo desvenda uma parte da vida de cada irmã, os seus afazeres, preocupações, amizades, habilidades e pressões a que estão submetidas. Ficamos a conhecer a personalidade de Mirabella, Katharine e Arsinoe e torna-se impossível escolher uma preferida, uma vez que são todas diferentes mas interessantes do seu próprio jeito. Mirabella é a rainha que melhor domina o seu poder, tanto que existem diversos rumores à sua volta, porém vive constantemente assombrada por lembranças que não a deixam seguir em frente; Katharine é a mais pequena e frágil das três, muito boa a preparar venenos mas fraca a tentar ganhar confiança do seu povo; Arsinoe é a mais rebelde, sempre a meter-se em encrencas, não sabe como despertar o seu poder.

 

O livro está repleto de momentos que nos entristecem o coração não só devido ao destino que une as três rainhas como também devido a todas as provas, aprovações e provocações por que têm de passar para que o povo as veja como rainhas capazes de governar. As injustiças são bastantes, porém também encontramos provas de lealdade, profunda amizade e acima de tudo garra para enfrentar o futuro! Cada uma das irmãs prepara-se para o dia que terá de enfrentar as outras à sua própria maneira e, utilizando o método correto ou não, a sua moral vai aumentar e nada as fará desistir!

 

Adorei seguir todo o percurso e surpresas que foram aparecendo ao longo do livro, sendo que quando eu achava que a história estava a ser bem encaminhada e que tudo ia assentar, alguma coisa acontecia e voltada tudo a mudar de rumo! Não há  momentos enfadonhos  no livro, sempre repleto de ação e situações incríveis que fazem o leitor desejar por mais e bem depressa, o que faz com que o final chegue demasiado depressa. E o final... bem que provocou alguns apertos no meu coração! Houve mudanças radicais que me deixaram de boca aberta e a suplicar pela continuação da saga mas, do género, pronta para ontem se fosse possível!

 

É realmente um livro de fantástico daqueles bem ao meu estilo e ainda bem que são quatro livros, assim tenho bastante história para seguir, pois não me quero despedir destas irmãs tão cedo! Aliás, estou bem curiosa para ver como a história avança a partir de agora, pois não imaginei que o primeiro livro chegasse até ao ponto onde terminou. 

Anseio sempre por este tipo de histórias e definitivamente o que me vai custar mais é ter de esperar que seja lançado a continuação... leitor sofre! 

-J-

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.