Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Debaixo Da Língua

Debaixo Da Língua

Um trono negro de Kendare Blake

Sinopse

A BATALHA PELA COROA COMEÇOU, MAS QUAL DAS RAINHAS VENCERÁ?

Depois de uma Cerimónia de Beltane marcante e com o Ano da Ascensão a decorrer, é altura de rever as apostas e escolher um lado.
Katharine, a gémea frágil e fraca, está mais forte que nunca. Arsinoe tem de descobrir de que forma o seu dom secreto a poderá ajudar. E Mirabella, a vencedora desejada, enfrenta uma oposição nunca vista… e de que poderá não se conseguir defender.
Neste novo capítulo da autora bestseller do New York Times, as rainhas mais mortíferas do mundo têm de enfrentar o implacável obstáculo que se lhes apresenta: elas mesmas.

Quando a batalha terminar, só uma irá reinar.

 

Opinião dela

"Uma coroa negra" conta a história de três irmãs gémeas que, quando pequenas, são separadas e, posteriormente, educadas de forma a se tornarem futuras rainhas. Esta podia ser mais uma história como muitas outras, se não fosse a tragédia que acarreta o cargo de rainha: três irmãs, uma coroa, uma única rainha viva!

No primeiro livro da saga, ficamos a conhecer as irmãs e as suas personalidades, vidas, amigos e poderes. É um livro cheio de aventuras que nos prende até às últimas páginas (podem ler a nossa opinião aqui).

O segundo volume, intitulado "Um Trono Mais Negro", começa praticamente no mesmo ponto onde terminou o livro anterior e somos, agora, confrontados com todas as mudanças e consequências resultantes da Cerimónia de Beltane. A cerimónia não correu como era suposto para nenhuma irmã, mas a grande diferença que se vai notar é em Katharine que, após a traição que sofreu, não vai deixar que a calquem de mais nenhuma forma. Mas atenção, a vida não vai ser nada fácil para nenhuma das três e terão de passar por muitos desafios e alguma dor. O futuro avista-se negro, tal como a coroa e o cargo de rainha!

Não há forma de respirar de alívio, pois o ritmo ainda é mais alucinante que o do primeiro volume da saga! Quando achava que ia conseguir manter o ritmo cardíaco normal, lá vinha mais uma avalanche de acontecimentos!

Um ritmo alucinante, um enredo rico, uma escrita fácil de compreender (tirando os nomes dos locais!), aliados a todo o carisma que ganhamos pelas personagens, às relações que se vão desenvolvendo e aos poderes que vão desenvolvendo, fazem desta saga uma das minhas favoritas de momento (admito que posso ser um pouco suspeita, visto que é o que gosto mais de ler)!

Quem gostou de Uma Coroa Negra, certamente irá gostar de Um Trono Mais Negro e, sinceramente, eu só quero é pegar já na continuação, porque se o primeiro livro acabou de forma turbulenta, o segundo acabou a dar-me um aperto no peito…

-J-